Como integrar o TI com os outros departamentos da empresa

A integração entre os departamentos da empresa é fundamental para o sucesso e crescimento de qualquer negócio, e para isso todas as equipes devem estar engajadas e orientadas para resultados comuns. Uma gestão assertiva depende de uma série de variáveis e informações, que circulam em todos os  níveis  das  organizações,  em  forma  de  relatórios,  controles,  indicadores,  projetos  e, principalmente, da tomada de decisões estratégicas.

No cenário atual, TI tem uma grande relevância dentro de todas as empresas, pois é responsável por suportar toda essa  variedade  de  dados,  de  forma  que  possam  estar  condensados,  compilados  e disponíveis, sempre que necessário. E exatamente por isso, é essencial que TI esteja próximo dos demais departamentos,  como parceiro estratégico,  a fim de  colaborar  sensivelmente para os bons resultados do negócio.

Conheça algumas sugestões para integrar o TI aos demais departamentos da empresa

O papel estratégico de TI

Para que o departamento de TI se torne um parceiro estratégico da organização, é fundamental que a  equipe  entenda  profundamente  a  empresa.  É  preciso  compreender  questões  que  envolvem  os valores e cultura corporativos, bem como as peculiaridades, demandas e responsabilidades e limites de  cada  departamento,  além  de  conhecer  produtos,  serviços,  novos  projetos,  processos  diretos  e indiretos, e todas as interligações entre esses pontos. Com base nesta análise, é possível elaborar um plano contendo  as  programações  necessárias  para  garantir  a  infraestrutura  obrigatória,  bem como equipamentos, softwares e demais recursos. 

Além de estar atento ao mercado externo, novas tendências e tecnologias que podem ser úteis à empresa e colaborar para a criação de um diferencial competitivo. Deve ficar claro que o papel de TI é apoiar o negócio.

A  participação  de  TI  nas  decisões  da empresa

É  fundamental  que  a  TI,  através  de  seu  CIO  (Chief  Information  Officer),  esteja  presente  nos processos de decisão que envolvem a empresa, através do Comitê Executivo. Cabe ao CIO analisar as demandas e propostas, discutidas internamente e avaliar  como a TI pode realizar ou facilitar a implementação destes novos projetos. É preciso uma visão crítica, técnica, mas, ao mesmo tempo, integrada e com foco em resultados.

Investir em comunicação

Os canais  de  comunicação  interna  são  ferramentas  básicas  para  uma  gestão  com  foco  em resultados. Assim, costumam ser utilizados para informar, orientar e engajar os  colaboradores  e podem ser bastante úteis a TI. Através deles, é possível divulgar políticas importantes, envolvendo aspectos como segurança da informação, uso de dispositivos móveis, compartilhamento de dados, acesso  à  internet  ou  instalação  e  utilização  de  softwares.  Criar canais amigáveis, com linguagem apropriada ao usuário e, principalmente, com conteúdo  prático,  é  uma  iniciativa  interessante  no sentido de aproximar o TI dos demais departamentos.

Otimizar  os  processos  e  ganhar velocidade

Assim  como  todos  os  demais  departamentos,  a  TI  precisa  buscar  alternativas  para  otimizar  seus processos e, assim, se tornar mais ágil, sempre com foco nos resultados da empresa. Desta forma, é adequado  adotar  uma  gestão  efetiva,  diminuir  as  burocracias  e  apostar  em  iniciativas  como  o empowerment,  ou  seja,  delegar  autoridade  e responsabilidade  aos  membros  da  equipe que se destacam, por competência e experiência. Assim, o processo de tomada de decisões conquista um outro  ritmo.  Além  disso,  é  essencial  que  TI  tenha  um  plano  de  trabalho,  enxergando  todas  as exigências imediatas e futuras. Desta maneira, é possível definir como atuar e distribuir os recursos, de  maneira  inteligente  e  acertada.  Também  é  importante  que  a  TI  tenha  prioridades  muito  bem definidas,  que  atendam  às  necessidades  dos  demais  departamentos,  já  que  estes  são,  de  fato, clientes internos.

Equipes multidisciplinares

As  equipes  multidisciplinares  costumam  colaborar  muito  para  a  aproximação  de  TI  aos  demais departamentos  da  empresa. Por  isso,  vale  a  pena  investir  na  criação  de  grupos  de  trabalho,  com colaboradores  dos  setores  envolvidos,  para  condução  e  implantação  de  projetos  específicos.  A convivência  e  a  troca  de  experiências  e  de  conhecimentos  melhoram  aspectos  como  o  senso  de complementariedade e coletividade, estabelecendo relacionamentos produtivos e saudáveis.

Deixe um comentário